SABONETE CREMOSO PARA PELES DELICADAS - Pele de bebê e peles com alergias

Uma pele sensível merece cuidados especiais | Receita natural


Quem tem a pele sensível sabe que todo cuidado é pouco, pois qualquer produto que seja um pouco mais “invasivo” poderá irritá-la e deixá-la com alergias. É importante saber escolher o que utilizar em seu skincare com cuidado e utilizar produtos mais naturais e calmantes. Falando nisso, trouxemos uma receita natural que é maravilhosa para utilizar em peles sensíveis e até mesmo em bebês. Quer saber mais sobre ela? É só acompanhar a leitura!


“Minha vida, meus sentimentos, minha estética, todas as vibrações de minha sensibilidade de mulher, têm, aqui, suas raízes.”

Cora Coralina

gif

Minha pele é sensível?

Você sabia que a pele sensível é uma característica que pode aparecer em qualquer tipo de pele, até mesmo nas oleosas? Geralmente esse tipo de pele pode causar incômodos caso algo mais “reativo” entre em contato com ela, deixando a região mais avermelhada, repuxando, com coceira e até mesmo com formação de pequenas feridas. Essas são apenas algumas das características da pele sensível, mas como saber se sua pele realmente tem essa característica?

  • Ir ao dermatologista é uma boa pedida, pois, através dos seus apontamentos e do exame clínico, ele conseguirá diagnosticar se sua pele realmente possui essa característica;

  • É através de um “diagnóstico de exclusão” que o dermatologista consegue avaliar se sua pele é sensível ou possui patologias como dermatite atópica e/ou psoríase;

  • Observar os sinais que sua pele te dá, ao passar um cosmético e até mesmo quando há mudanças de humor. Ela formiga? Coça? Você sente queimação ou ardência? As mudanças de temperatura afetam sua pele? Anote tudo isso e comece a conhecer os gatilhos da cútis sensível;

  • Preste atenção: em alguns casos, a irritabilidade da pele é tão grande que pode causar descamação! Portanto, caso você esteja utilizando um produto que reage assim em sua pele, suspenda o uso imediatamente e procure um dermatologista!



Gatilhos de uma pele sensível

Há alguns motivos para que a sua pele seja tão reativa e sensível:

  • A superfície córnea, que é a primeira camada de proteção da sua epiderme, está enfraquecida permitindo que fatores irritantes entrem em contato com sua pele, penetrando profundamente;

  • As terminações nervosas que fazem ligação com a pele estão muito sensíveis, fazendo com que sinais de dor sejam disparados sem necessidade, reagindo a estímulos inofensivos;

  • Se você sente desconforto somente ao encostar em sua pele, ela pode estar muito sensibilizada. Caso você perceba muita vermelhidão ou inflamação, é melhor consultar seu médico, pois pode ser alguma patologia associada à sensibilidade.

Há outros gatilhos que podem desencadear uma reação inesperada em sua cútis sensível:

  • Comidas condimentadas, consumo de álcool e temperaturas elevadas: por causa da fragilidade das paredes dos vasos sanguíneos, alguns fatores externos - como estes citados - podem desencadear o rubor e sensibilidade da sua cútis;

  • O estresse e as emoções do dia a dia podem fazer com que os vasos sanguíneos, que já são fragilizados, dilatem, provocando sensibilidade e rubor locais. Uma boa técnica para que isso não aconteça com frequência é utilizar o Mindfulness ao seu favor ou alguma técnica de relaxamento.

A sensibilidade da pele pode surgir na infância e até mesmo na fase senil, portanto não há uma época exata para surgir os primeiros sinais e sintomas.



O que acontece com a pele sensível?

Para entender melhor como funciona o gatilho da pele sensível, é necessário entrar na parte de fisiologia, mas calma, vamos explicar de maneira bem simples e didática! Nossa pele é dividida basicamente em três camadas: epiderme, derme e hipoderme. A epiderme é responsável pela proteção do nosso corpo e fornece uma barreira contra microrganismos e fatores externos (temperatura, batidas, dor, entre outros). A barreira cutânea funciona como uma camada protetora e impede que haja penetração de agentes externos na pele (microrganismos) ou de perda excessiva de água quando transpiramos, por exemplo. Ela é composta por células chamadas corneócitos, que nada mais são do que células de renovação da nossa pele e fica localizada na primeira camada da epiderme, que é chamada de estrato córneo. Além disso, os corneócitos são unidos por substâncias como colesterol, ceramidas e outros ácidos graxos.

Quando nossa barreira cutânea sofre agressões, como por exemplo em hábitos errados de skincare e falta de proteção contra o Sol, vai perdendo sua função de proteção, deixando a cútis mais exposta e sensível. Produtos que contenham álcool em sua composição, sabonetes bactericidas, uso exagerado de esponjas durante o banho, água muito quente e até mesmo alterações genéticas deixam nossa cútis irritada, ressecada e irritada.


Como prevenir a pele sensível?

A hidratação é de suma importância para recompor a barreira cutânea, pois reduz a perda de água e mantém a pele hidratada. Um bom exemplo disso é utilizar um combo de produtos naturais que fazem muito bem e protegem a cútis contra esses tipos de agressão. Um dos passos mais importantes do nosso skincare é o sabonete. Temos que saber utilizá-lo com sabedoria pois, se o utilizamos demais, podemos prejudicar a barreira cutânea, permitindo a entrada de microrganismos, vermelhidão e demais consequências de uma pele sensível. O sabonete deve ser neutro, hidratante e ser utilizado duas vezes ao dia. Se utilizarmos menos ou lavarmos o rosto só com água, ficamos suscetíveis a acúmulo de sebo, gerando um excesso de sujeira e, consequentemente, os poros ficarão cheios e o resultado disso são os cravos e espinhas. Além disso, o seu rosto ou corpo não estarão preparados para receber os ativos da composição. Para manter seu skincare de pele sensível em dia você deve:

  • Ficar longe de ingredientes irritantes, como perfumes, corantes, lanolina e álcool;

  • Ficar de olho nas formulações dos cosméticos ou dermocosméticos que utiliza. A embalagem deve ser de tampa hermética para que os alérgenos e outras substâncias que provocam a pele sensível estejam fora de alcance, evitando a contaminação dos mesmos;

  • Faça o seguinte passo a passo:

  1. Limpeza suave diária, utilizando um removedor de maquiagem com pH neutro para peles sensíveis;

  2. Utilize uma água termal calmante;

  3. Escolha um produto hidratante para peles sensíveis;

  4. Se a skincare for feita pela manhã, escolha um FPS para proteção da sua pele contra os raios UVA e UVB;

  5. Escolha um bom hidratante de lábios para evitar descamação.

Benefícios dos ingredientes

Para essa receita, escolhemos ingredientes que são maravilhosos e dão um super match com a pele sensível! Ah, grande parte deles você encontra em nosso site. Vamos deixar o link disponível!


Óleo vegetal de amêndoa doce

O óleo vegetal de amêndoas possui vitaminas A, B6, E e arginina. Além disso, possui um alto teor de Ômega 9, que auxilia na absorção de outras vitaminas e traz viço à pele. O óleo vegetal de amêndoas é muito conhecido por prevenir e tratar estrias e fragilidades das unhas, levando mais maciez e proteção aos tecidos, ao mesmo tempo que deixa a cútis mais elástica, pois auxilia na produção de elastina pelos fibroblastos. Além disso, o óleo vegetal de amêndoas devolve a hidratação e sebo natural da pele, pois age como um excelente recuperador e cicatrizante da cútis. Lembra quando falamos sobre os componentes da camada córnea da pele, que protege a mesma? Um dos componentes é o ácido graxo. Olha lá o Ômega 9! Ele é indicado para todos os tipos de pele e é um ótimo hidratante natural! Ah, e não pesa no rosto, caso haja pessoas com o biotipo oleoso aqui. Você encontra o óleo vegetal de amêndoa doce em nosso site, basta clicar aqui!


Óleo de coco

Esse óleo é um dos queridinhos do momento! Há vários estudos com o óleo de coco, até mesmo científicos, que apontam o poder de hidratação do óleo de coco na pele ou cabelo. Ele melhora o ressecamento, coceira, aspereza e xerose (rachaduras). Possui propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas, antibacterianas e hidratantes.



Manteiga de Karité

A Manteiga de Karité é extremamente protetora e previne o ressecamento. Ela possui antioxidantes e emolientes em sua formulação, não permitindo que a pele resseque. É rica em ácido cinâmico, auxiliando na proteção da pele contra a radiação UV (mas não é por isso que você pode ficar no Sol sem protetor solar não, viu?!), tem uma boa quantidade de tocoferóis em sua formulação, proporcionando uma ação anti-inflamatória e antioxidante, proporciona um toque aveludado na pele, por causa de sua consistência. Melhora o aspecto de dermatites atópicas e envelhecimento precoce. Você encontra este ingrediente em nosso site, basta clicar aqui!


Água

A água será utilizada como a base do nosso produto. Ela possui propriedades incríveis que influenciarão na qualidade do nosso detergente. Portanto, utilize pelo menos uma água filtrada.


Soda cáustica

A saponificação é um tipo de reação química que resulta na formação de sabão e glicerina. Ela é feita através da mistura de soda cáustica e gordura (óleo de cozinha). É importante que você tenha em mente que precisa mexer bem essa mistura e seguir direitinho o que eu escrevi no modo de preparo, para que seu detergente fique do jeitinho que a gente gosta: fazendo muito sabão e hidratando a pele.


Ingredientes

  • 275 g de óleo vegetal de amêndoa doce;

  • 125 g de óleo de coco;

  • 100 g de manteiga de Karité;

  • 190 g de água;

  • 70,21 de soda cáustica.


Modo de preparo

Parte 1:

  • Em um balde de plástico, adicione a água fria e a soda cáustica. É muito importante que seja nessa ordem! Nada de inverter hein?!;

  • Misture lentamente para dissolver a soda cáustica;

Parte 2:

  • Derreta por completo o óleo de coco e a manteiga de karité. Pode utilizar microondas.

  • Quando estiverem completamente derretidos, misture com o óleo de amêndoa doce.

  • Quando a soda caustica atingir a temperatura de 50-45 graus celsius adicione na mistura de óleos.

  • Mexa com um mixer até atingir o traço e despeje a mistura nos moldes de silicone e aguarde os sabonetes secarem por aproximadamente 48 horas;

  • Quando estiverem endurecidos, remova os sabonetes dos moldes e espere de 4-8 semanas para maturar e começar a usar.


Como guardar?

Guarde seu sabonete delicado para bebê em um recipiente de vidro ou plástico, desde que eles sejam esterilizados antes. Armazene em um local fresco, com pouca luz e seco. Caso você não possua nenhum recipiente esterilizado, que tal dar uma olhadinha em nosso site? Temos embalagens maravilhosas e sustentáveis para te auxiliar!


Filme




Observação

Muitos fatores podem alterar o resultado final das minhas receitas, como temperatura, umidade, luz, qualidade do ingrediente. Se você tem acne grave, pele muito sensível ou outra preocupação com a pele ou condição de saúde, recomendo que procure orientação médica antes de usar qualquer produto novo em sua pele, seja ele um ingrediente cru, um produto que você mesmo produziu ou um produto formulado e convencional. Por favor, tenha cuidado ao usar óleos essenciais. Se você está grávida ou tem algum tipo de problema de saúde ou de pele, recomendamos que fale com o seu médico antes de usar. Os óleos essenciais são líquidos altamente concentrados, portanto use com moderação. Óleos essenciais puros nunca devem ser usados ​​diretamente sobre a pele e nunca devem ser ingeridos. Ao usar um óleo essencial pela primeira vez, faça um teste antes. Cada óleo essencial é único e pode não ser adequado para todos. Por favor, pesquise os benefícios e as precauções de segurança antes de usar qualquer óleo essencial. Alguns óleos essenciais podem interferir com a medicação. Consulte o seu médico se tiver alguma preocupação.


Referências

https://www.dermaclub.com.br/blog/noticia/protecao-e-hidratacao-saiba-tudo-sobre-a-barreira-cutanea-responsavel-pela-manutencao-da-saude-da-pele_a3246/1

https://www.laroche-posay.com.br/pele-sensivel/eu-tenho-pele-sensivel

https://www.dermaclub.com.br/blog/noticia/pele-sensivel-e-mais-comum-do-que-voce-imagina-saiba-quais-fatores-influenciam-na-irritabilidade_a4164/1

https://biossance.com.br/blogs/notas-do-laboratorio/pele-sensivel-o-que-e-quais-os-sintomas-e-como-cuidar

https://www.sallve.com.br/blogs/sallve/7-erros-que-voce-pode-cometer-ao-lavar-o-rosto

https://www.laroche-posay.com.br/artigos/a-melhor-rotina-de-cuidados-para-a-pele-sensivel


127 visualizações0 comentário