COMO FAZER VELA DE CITRONELA - Repelente Natural e Receita Caseira



Nós brasileiros estamos muito acostumados com as loucuras do clima tropical, ainda mais em São Paulo: manhã fria, tarde quente, noite chuvosa e madrugada nevando!

Brincadeiras a parte, o clima fica maluco e nós precisamos acompanhá-lo. Na chegada da primavera e verão, que são as estações mais quentes, sempre tem aquele mosquitinho que incomoda, não é verdade?! Ao invés de usar produtos agressivos em casa para dispensá-los, que tal produzir uma vela de citronela natural?


Se você se acha muito pequeno para fazer a diferença, você nunca esteve na cama com um mosquito.

Betty Reese


gif


Xô, mosquito!


Você já passou pelas seguintes situações:

  • Acabou de cozinhar, fez um prato lindo de salada e, de repente, um mosquito em cima dela! Ah, saco!!;

  • Tentou dormir a noite inteira com o calor mas, os pernilongos fizeram festa a noite inteira em seu corpo?;

  • Esqueceu a janela aberta até a noite e, de repente, ao chegar do trabalho, se deparou com uma festa dos mosquitos?;

  • Está lendo um livro, tentando se concentrar, mas o mosquito não para de cochichar em seu ouvido?

Haja paciência para conseguir aturar todas essas situações, não é mesmo?! Com ela, uma das primeiras coisas que fazemos, é utilizar produtos artificiais que podem prejudicar sua saúde (principalmente aos asmáticos e alérgicos de plantão) e até mesmo ao meio ambiente!

É um tal de spray para lá, tomada para cá e o mosquito continua voando ao seu redor e não dá nada certo! Você pensa “só fiz gastar dinheiro e saúde, affe”. Se você já passou por isso, sabe o que estamos falando. Há uma maneira natural, fácil e super legal de resolver tudo isso, sem mesmo precisar sair de casa e prejudicar o meio ambiente: com uma vela de citronela!





Será que a citronela repele mesmo os mosquitos?


Se você ama DIY, assim como nós, sabe que o que passamos aqui é papo sério e que resolve a vida de muitas pessoas que optam por um estilo mais saudável. A citronela é derivada de uma planta medicinal chamada Cymbopogon nardus que tem propriedades maravilhosas contra os insetos, além de outros benefícios que contaremos mais abaixo! ;) Essa planta é tão maravilhosa, que pode ser cultivada no jardim da sua casa, em um vasinho simples mesmo. O bom de ter a citronela em casa é que você pode se aproveitar de seus efeitos e ainda conseguir seu óleo sem sair de casa. Vamos ensinar abaixo como plantar a sua citronela:

  • Consiga uma muda da planta;

  • Corte sua folhagem;

  • Plante o caule e raiz em um vaso com terra fértil (profundamente);

  • Coloque a citronela em um local ensolarado e iluminado;

  • Para tratar a planta, use luvas, pois sua folhagem é fina e pontiaguda, podendo machucar as mãos.


Efeitos toxicológicos que os sprays artificiais causam


Os inseticidas domésticos são terríveis não só contra os insetos, mas também contra os humanos. Existem muitos agrotóxicos utilizados nestes tipos de sprays, que podem causar intoxicações e muitas patologias mais graves! Nesses inseticidas, existem princípios ativos que podem causar dano à nossa saúde, principalmente se você tiver algum problema respiratório, como asma, bronquite, rinite, sinusite, entre outros. Dados retirados do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas da Fundação Oswaldo Cruz, apontam que de 2008 - 2012 foram registrados mais de 12.617 casos de intoxicação por piretróides, que é um dos ativos utilizados em inseticidas domésticos, em sua maioria crianças menores de quatro anos de idade. Em sua maioria, os sintomas são:

  • Alergias;

  • Dermatites;

  • Asma;

  • Rinite;

  • Sensações de queima, picada, coceira, formigamento e dormência, sintomas mais conhecidos como parestesias;

  • Dor de cabeça;

  • Fadiga;

  • Salivação;

  • Náusea e vômito;

  • Diarreia;

  • Irritabilidade;

  • Desmaios.

Dados coletados por um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), dizem que os piretróides permanecem no ambiente por pelo menos 17 horas após a aplicação dos sprays ou do vaporizador elétrico de inseticidas que são colocados na tomada, ficando sobre o chão e móveis, podendo levar à intoxicação dos humanos (aquela velha mania de tocar em tudo e nunca lavar as mãos, não é verdade?!).





Benefícios dos ingredientes


Óleo essencial de citronela

O óleo de citronela é derivado de um primo do capim-limão, como vimos acima (Cymbopogon nardus) e é destilado do seu caule. Segundo a Agência de Proteção Ambiental dos EUA, o óleo de citronela tem sido usado como repelente para insetos, com aplicação humana, há pelo menos 50 anos, sem nenhum incidente causado. O óleo de citronela possui propriedades como:

  • Repelente contra insetos;

  • Bactericida;

  • Antifúngico;

  • Facilita o relaxamento através da aromaterapia.

Caso você queira potencializar ainda mais sua vela de citronela, pode adicionar algumas gotinhas de óleo essencial de eucalipto limão, pois possui efeito sinérgico com o óleo essencial de citronela.


O óleo essencial de citronela, além de ser um excelente repelente de insetos, possui propriedades bactericidas, antissépticas, fungicida, desodorante, tônico e anti-infecciosas. Além disso, ele é muito utilizado na aromaterapia, pois possui inúmeros benefícios:

  • Antidepressivo, estimulante e tônico;

  • Possui grande efeito neurológico, por isso é bastante utilizado por pessoas que possuem ansiedade e depressão;

  • Equilibra o coração e sistema nervoso;

  • Ajuda no equilíbrio e humor;


Cera de candelila


A cera de candelila é utilizada como um endurecedor de cosméticos e é uma alternativa vegana à cera de abelha e compartilha as mesmas propriedades espessantes e protetoras.




Cera de coco

A cera de coco possui um blend de ceras vegetais que fazem muito bem ao ambiente, geralmente é produzida com coco, arroz e palma. Esse produto substitui a parafina comum na fabricação de velas naturais e é ideal para colocar em potes e copos de vidro. Outro benefício dessa cera maravilhosa e natural, é que ela é compatível com todos os óleos essenciais!


Óleo de Amêndoa Doce

O óleo vegetal de amêndoas possui vitaminas A, B6, E e arginina. Além disso, possui um alto teor de Ômega 9, que auxilia na absorção de outras vitaminas e traz viço à pele. O óleo vegetal de amêndoas é muito conhecido por prevenir e tratar estrias e fragilidades das unhas, levando mais maciez e proteção aos tecidos, ao mesmo tempo que deixa a cútis mais elástica, pois auxilia na produção de elastina pelos fibroblastos. Além disso, o óleo vegetal de amêndoas devolve a hidratação e sebo natural da pele, pois age como um excelente recuperador e cicatrizante da cútis.


Receita

Ingredientes:

  • 50% ( 40gr) Cera de candelila - Compre aqui

  • 25% (20gr) Óleo de Amêndoa Doce - Compre aqui

  • 23% (18,4gr) Óleo de Coco (Pode usar os usados em cozinha mesmo)

  • 2% (1,6gr) Óleo essencial de Citronela


Modo de preparo:

  • Prepare seus recipientes: os pavios vêm com uma aba de metal na parte inferior, ideal para centralizar os mesmos no meio do seu recipiente. Coloque o pavio no recipiente e cole com fita crepe a mesma, para que não saia do lugar. Outra opção é utilizar um pregador;

  • Derreta em banho-maria as ceras de coco e candelila em fogo baixo;

  • Assim que as ceras estiverem totalmente derretidas, retire do banho-maria e coloque o óleo essencial de citronela. Faça isso rapidamente, pois a cera começa a endurecer após o desligamento do fogo;

  • Despeje a cera derretida com citronela nos potinhos de vidro, verificando sempre a posição dos pavios. Certifique-se de que eles estão mesmo centralizados;

  • Você pode utilizar um lápis ou até mesmo um pregador para sustentar o pavio no meio;

  • Cuidado com o resfriamento da cera, pois às vezes as velas endurecem muito rápido e acabam rachando. Para que isso não aconteça, é só pré-aquecer o fogo a 180 ºC por 10 minutos, desligar o mesmo e colocar as velas que racharam em um recipiente por um tempinho. As velas vão derreter somente a rachadura, preenchendo a mesma. Cuidado com o pavio, hein?! Não esqueça de que o mesmo precisa ficar no meio;

  • Deixe a vela endurecendo por 24 horas seguidas;

  • Após o endurecimento das velas, corte o pavio, deixando um dedo para fora;

  • Deixe a vela curar por mais 1 semana;

  • Ao acender a sua vela, certifique-se de que o pavio está no meio. Deixe a vela queimar por tempo suficiente para que a cera derreta na lateral do frasco, formando uma pocinha no meio, sem ficar sobrando vela nas bordas. Caso isso aconteça, é só cortar um pouco de papel alumínio do tamanho do recipiente e cortar um pouco no meio para deixar o pavio livre.


Filme




Observação

Muitos fatores podem alterar o resultado final das minhas receitas, como temperatura, umidade, luz, qualidade do ingrediente. Se você tem acne grave, pele muito sensível ou outra preocupação com a pele ou condição de saúde, recomendo que procure orientação médica antes de usar qualquer produto novo em sua pele, seja ele um ingrediente cru, um produto que você mesmo produziu ou um produto formulado e convencional. Por favor, tenha cuidado ao usar óleos essenciais. Se você está grávida ou tem algum tipo de problema de saúde ou de pele, recomendamos que fale com o seu médico antes de usar. Os óleos essenciais são líquidos altamente concentrados, portanto use com moderação. Óleos essenciais puros nunca devem ser usados ​​diretamente sobre a pele e nunca devem ser ingeridos. Ao usar um óleo essencial pela primeira vez, faça um teste antes. Cada óleo essencial é único e pode não ser adequado para todos. Por favor, pesquise os benefícios e as precauções de segurança antes de usar qualquer óleo essencial. Alguns óleos essenciais podem interferir com a medicação. Consulte o seu médico se tiver alguma preocupação.


Fontes

https://sinitox.icict.fiocruz.br/dados-nacionais

https://www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2018/07/inseticidas-domesticos-terriveis-contra-os-insetos-e-contra-os-humanos-tambem/

https://mommypotamus.com/how-to-make-citronella-candles/

https://www.tuasaude.com/citronela/

https://womenshealthbrasil.com.br/citronela-conheca-os-beneficios-da-sua-essencia/

https://www.amoaroma.com.br/oleo-de-citronela-propriedades-e-beneficios/



84 visualizações0 comentário